Como você começou sua carreira?

 

Comecei minha carreira no interior de São Paulo , na cidade de São Carlos , sou nascido por lá e eu desenvolvi por todas as regiões do Brasil com exceto a região  do norte .Trabalhei  no nordeste  trabalhei no Sul , no Centro Oeste , no sudeste em toda a parte mas foi aqui em Minas que fixei as minhas raízes , por que criei família e parece até que vou ficar por aqui mesmo , por que nós já estamos em uma certa idade e a única certeza que alguém tem é que um dia ele não estará mais neste mundo e ao que tudo indica esse momento ocorrerá aqui dentro de Belo Horizonte.

 

 

Quem na sua carreira você teve como , exemplo?

 

Até exageradamente  milhares , muitas e muitas pessoas . Aprendi também que no rádio, nós temos condições de ter daqueles exemplos mais antigos ,mais talentosos e também daqueles que não tem muito talento e são mais simples se aprende com todo mundo, agora obviamente aprendi com grandes talentos do rádio Vilibaldo Alves ,Jário Anatolio Lima , Jota Júnior, aprendi com essa gente aprendi também com Sérgio Ferrara com qual eu trabalhei muitos anos e tantos outros  é imensurável o número de pessoas no qual eu me espelhei e com as quais eu aprendi, principalmente com aqueles mais humildes , aprenda muito com eles também não só os ensine por que o mundo é uma constante troca de experiência.

 

 

Qual é a diferença do rádio antigamente para o rádio de hoje?

 

O rádio de antigamente fazia um papel que hoje faz a televisão  a diferença é que o rádio é um veículo de comunicação sem imagem , quem faz a imagem é aquele que  está com o microfone na mão , e a televisão não ela foca a imagem e tem o complemento dos autores , narradores ou os homens do microfone , essa é a grande diferença mas o rádio antigo exercia o papel importante que exerce a televisão hoje , pode se dizer tranquilamente que o rádio foi o veículo mais importante da construção do Brasil como nação

 

 

Quais foram os desafios que você teve na sua carreira?

 

Os desafios normais , o maior  é que havia muita gente , concorrência era grande mas a gente foi devagarinho , precisa ser assim quebrando uma pedra aqui outra ali, subindo uma colina aqui , outra ali, desbravando uma  montanha , uma floresta e assim se vai as conquistas elas vem por etapas, devagarinho e claro os momentos que a gente  não tem condição de ultrapassar uma certa barreira , espera um pouquinho um momento mais propício e assim foi feito , eu não tenho uma barreira específica , que tenha me atrapalhado foi contornando as situações devagarinho com muito trabalho ,interesse , prestando atenção naqueles que sabem mais do que eu , e assim cheguei onde cheguei.

 

 

Qual o conselho que você para que estão iniciando a carreira ou já estão na carreira?

 

Trabalhar e ao mesmo tempo estudar , se aprimorar,  quem não se aprimora nunca vai desenvolver um trabalho que com um tempo vai chegar na liderança ,uma condição de evolução dentro da profissão que abraçou, trabalho e dedicação é fundamental e quem fizer isso vai vencer .

 

 

 

Izabela Cardoso

Celso Martinelli

PERSONAGEM DE UMA HISTÓRIA