DESDE 1939 - UTILIDADE PÚBLICA MUNICIPAL E ESTADUAL

EDIÇÃO BRASIL -RUMO AOS 80 ANOS

Luiz Carlos Gomes – Presidente da AMCE – Associação Mineira de Cronistas
Esportivos.
AMCE – Rumo aos 80 
Em Julho último, mais precisamente no dia 25, a Associação Mineira de Cronistas
Esportivos – AMCE – completou 79 anos de existência. Um sonho de alguns jovens
idealistas e amantes do esporte iniciada em 1939.
Segundo relatos registrados em atas e reportagens, na época existiam poucas
emissoras de rádio e alguns jornais. Eram estes veículos que cobriam o esporte. Tanto
em Belo Horizonte, como no interior. E não era cobertura apenas do futebol, envolvia
também o vôlei, basquete, natação, box e imaginem o remo.
Foram anos heroicos. Conforme informações de descendentes dos fundadores já que
todos já deixaram este mundo, aqueles jovens praticamente iniciaram o nosso
jornalismo esportivo de forma organizada. Não se limitaram em apenas apresentar
programas, transmissões ou textos sobre o esporte mineiro. Eles foram muito além.
Ajudaram a organizar competições, captar patrocínios, dar visibilidade aos atletas que
surgiam, estimularam o intercâmbio com outros centros esportivos nacionais e internacionais.
Conseguiram ainda reunir todos aqueles que militavam ou sonhavam militar na crônica
esportiva em torno da entidade. Para tanto promoviam encontros sociais, jogos e até
participação em desfiles cívicos.
A ideia foi tomando corpo, a entidade crescendo, a cada dia recebendo novas adesões,
novos dirigentes e o respeito dos desportistas e autoridades.
Na década de 40, a AMCE abraçou uma grande causa, conseguiu fazer de Belo
Horizonte uma das sedes da copa do mundo de 50. Conseguiu também envolver
autoridades e empresários para a construção do primeiro grande estádio em Minas, o
famoso Estádio Independência, conhecido na época como o gigante do horto. Palco de
grandes jogos e importantes decisões.
Na década de 60, coube a AMCE colaborar de forma decisiva para formar a melhor
seleção mineira de futebol de todos os tempos. Em 63 esta seleção ganhou o primeiro
e único campeonato brasileiro entre seleções, revelando grandes craques para o
futebol.
A AMCE participou também da organização e divulgação de várias competições de
outras modalidades esportivas e até olimpíadas, ajudando Minas a conquistar
centenas de troféus e medalhas.
Ainda nos anos 60, coube a AMCE papel fundamental no projeto de viabilidade para
construção do Mineirão, cuja inauguração ocorreu em 1965. Da mesma forma, lutou
muito para a construção do Mineirinho. Vários dirigentes da AMCE foram nomeados
pelo governo do estado para administrar o maior complexo esportivo de Minas. Isto
até os anos dois mil e doze.

A partir da inauguração do Mineirão, a organização e o profissionalismo do futebol
mineiro tomaram nova dimensão. Uma nova era surgiu. As grandes competições
nacionais e internacionais viraram rotina, puxando também outros esportes para belas
conquistas.
A imprensa esportiva mineira soube acompanhar este avanço e cresceu muito. Ficou
mais profissional, mais qualificada. Das primeiras coberturas em campos de terra ou
estádios e ginásios pequenos e apertados, chegamos as grandes arenas, cobrindo os
maiores torneios e campeonatos regionais, nacionais e internacionais.
Em todos os tempos e momentos a AMCE sempre marcou presença. Seja
credenciando os profissionais, seja lutando por novas ideias, buscando melhorias,
combatendo os erros, qualificando os profissionais, divulgando e valorizando o nosso
esporte.
Hoje, 79 anos depois, podemos desfrutar do sonho daqueles jovens fundadores com ar
de vitória. A realidade é real. A AMCE é uma entidade forte, sadia, independente.
Com o esforço e competência de vários dirigentes ao longo dos anos, angariou um
patrimônio valioso. Possui uma sede social administrativa no tradicional bairro de
Santa Tereza e um conjunto de salas no centro da cidade. Está bem estruturada e
informatizada, tem uma equipe de trabalho qualificada, uma situação financeira
confortável, todos os seus compromissos rigorosamente em dia e um bom quadro de
associados, congregando radialistas e jornalistas, inclusive os da área técnica, que
trabalham nos setores de cobertura esportiva dos veículos de comunicação de Minas.
Conquistou uma lei federal que regulamentou o direito exclusivo do credenciamento.
Participa ativamente de reuniões, palestras, seminários, cursos e congressos da área
esportiva. É parceira das entidades organizadoras das competições esportivas e dos
clubes. Desfruta do respeito e de alta credibilidade junto aos meios esportivos,
autoridades e sociedade em geral, graças ao trabalho sério e transparente que
desenvolve.
Ao longo destes 79 anos vários livros, matérias, vídeos e fotos vem registrando a
bonita história da AMCE, um acervo rico que está guardado em nossa sede.
Neste texto, tomamos o cuidado de não citar nomes, tantos foram aqueles que
tiveram a honra de fundar, presidir, fazer parte da diretoria, ser associado ou
colaborador da entidade. Mas todos estão devidamente homenageados em forma de
diplomas, placas e medalhas, além de biografados na Enciclopédia do jornalismo
esportivo de Minas Gerais.
Agora, estamos preparando uma série de ações que serão realizadas ao longo do
tempo até chegar a Julho de 2019, quando vamos completar 80 anos de existência.
Com muita alegria e responsabilidade tenho orgulho de presidir esta entidade tão
importante para o jornalismo esportivo de Minas Gerais. Ao lado dos demais diretores
e colaboradores estamos prontos e preparados para dar sequência honrada para esta
história que é real. Vamos juntos rumo aos 80.

Texto publicado no Jornal Edição Brasil – Edição 1830 

luiz Carlos Gomes.

Presidente AMCE 

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *